Maju Coutinho gera revolta ao atacar trabalhadores que são contra o lockdown no Brasil: "O choro é livre"

Maju Coutinho
Foto: Reprodução | Internet

A âncora do "Jornal Hoje" da rede Globo, Maju Coutinho, na tarde desta quarta-feira (17) comentou sobre a série de restrições no país, incluindo o lockdown, e gerou revolta em muitos telespectadores.

Em rede nacional, a apresentara inventou de se posicionar e declarou: "O choro é livre", satirizando contra brasileiros que defendem o fim das medidas restritivas, que em sua maioria são trabalhadores que precisam ir às ruas para colocar o pão na mesa.

"As medidas restritivas de circulação estão se espalhando. Os especialistas são unanimes em dizer que estas medidas são indispensáveis para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para reclamar, é isso que tem", afirmou a jornalista, ao vivo.

Os telespectadores não se agradaram e, com isso, declaração de "globista" gerou polêmica e a colocou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

O presidente da Fundação dos Palmares, Sergio Camargo, também reprovou a declaração de Maju Coutinho e escreveu.

"O choro é livre, diz Maju Coutinho, em tom arrogante, aos brasileiros que perderam seus empregos, estão desesperados e já passam fome".

O que você acha da declaração de Maju Coutinho? Comente!

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad