Revoltado, Maia dispara que o DEM "voltou a ser de extema-direita" e ameaça se opor

Foto: Reprodução | Internet

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, ainda se encontra enfezado desde que o DEM decidiu abandonar a ele e Baleia Rossi, na última eleição do Congresso, se alindo a Arthur Lira, candidato de Bolsonaro.

Revoltado, Maia diz que diz que o DEM voltou para a extrema-direita por se aliar a Bolsonaro.

"Deste partido eu não tenho mais como participar porque não acredito que esse governo tenha um projeto, primeiro, democrático e, segundo, de país. Continuo dizendo que o governo é um deserto de ideias. O DEM decidiu majoritariamente por um caminho, voltando a ser de direita ou extrema-direita, que é ser um aliado do Bolsonaro", disse Maia em entrevista para o Valor.

Na entrevista, Maia disse que vai procurar um partido de oposição para bater de frente com Bolsonaro e diz ainda que o DEM quebrou um acordo e vai perder a aliança com Luciano Huck.

"Estarei num partido que será de oposição ao presidente Bolsonaro. [...] A nossa coluna era toda acordada de que nunca estaríamos no governo Bolsonaro e nunca apoiaríamos o Bolsonaro", disparou Rodrigo Maia.

Dor de cotovelos? Abstinência de poder? Maia está provando do seu próprio veneno aproveitador e oportunista. Quando as coisas saíram de seu controle, o "nhonho", como é chamado na web, aparece dando chilique, chamando tudo e todos de traidores.

A verdade é que Rodrigo Maia se vê ameaçado pela crescente base de apoio a Bolsonaro.

Qual sua opinião? Deixe nos comentários!

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad