Fiesp denuncia golpe de Doria para aumento de impostos sorrateiramente

João Doria
Foto: Reprodução | Internet


Mais uma das cartadas de Doria para enganar a população e "enfiar a facada" no povo traiçoeiramente foi descoberta.

Surfando na onda de críticas da esquerda contra Bolsonaro, o governador de São Paulo, João Doria, usou o momento e soltou uma série de insultos contra o presidente da República para desviar a atenção de três decretos que assinou para o aumento da cara tributária no Estado em plena crise causada pela pandemia.

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) não se calou diante do absurdo e denunciou.


Em nota, a Fiesp diz que os insultos Doria a Bolsonaro objetivavam desviar atenção para o aumento dr impostos em diversos setores, classificando como uma "tragédia fiscal".

"O que o governador Doria fala, não se escreve. [...] Os decretos são uma decepção para todos os contribuintes do estado", disparou.

Segundo a Fiesp, presidida por Paulo Skaf,  "foi anulado de imediato o aumento de impostos de forma integral apenas para 4 operações, dentre as 200 atingidas pela medida do governo Doria".

"Para algumas operações como venda de carne bovina e eletrônicos, o aumento do tributo permanece, mas há uma previsão de redução do aumento para o dia 1º de abril, popularmente conhecido no Brasil como o dia da mentira. Piada pronta." — destacou a Fiesp em nota.

Para ler a nota da Fiesp contra Doria na íntegra Clique Aqui.

Gostou? Comente e compartilhe!

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad