"Patota Esquerdista" se une para atacar Sérgio Camargo, em defesa de Marina Silva

Sérgio Camargo
Foto: Reprodução
A patota esquerdista se inflamou com anúncio de que Marina Silva foi excluída da lista de personalidades negras da Fundação dos Palmares pelo presidente do órgão, Sérgio Camargo.

Segundo Camargo, Marina Silva “não tem contribuição relevante para a população negra do Brasil“ e só declara negra por "conveniência política" para ter benefícios. Jean Wyllys, Talíria Petrone (do Psol) e Marina Silva, entre outros, se manifestaram em contra-ataque a Sergio Camargo "desaprovando" seu  pensamento e cutucando o Governo Bolsonaro. 

As decisões administrativas de 1 desqualificado não mudam a maneira como me identifico tampouco a etnia de meus antepassados por parte da família de meu pai, fator sobre o qual ele não tem nenhuma autoridade para se manifestar. Eu sigo sendo o que sou”, escreveu Jean Wyllys no Twitter.


Enquanto isso, Marina Silva declarou que "a história não é feita por aqueles que têm uma visão autoritária e que eventualmente estão no poder, mas por aqueles que persistem na democracia e nos valores da civilização".

Já a psolista Talíria Petrone aproveitou a oportunidade de rebater Sergio Camargo e não perdeu tempo para atacar o presidente Bolsonaro.

“A postura de Sérgio Camargo – baseada em arroubos autoritários típicos do bolsonarismo – definitivamente não condiz com o cargo que ocupa. Não é este homem, com esta postura que reproduz o racismo e envergonha nossa história de resistência, que irá questionar minha realidade enquanto mulher negra. Está mais do que na hora de devolver a Fundação Cultural Palmares ao povo, ao qual ela deveria servir”, escreveu a deputada.

Qual sua opinião? Comente!

Postar um comentário

2 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.
  1. Parabéns ao presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, pela coragem de enfrentar esses aproveitadores que defendem e usam a fundação como instituição como forma de se autopromover. Ainda bem que o Sérgio é negro porque se fosse branco seria taxado de estar tomando estas medidas por ser racista. Mais uma vez parabéns!!

    ResponderExcluir

Acima do Post

Below Post Ad