“Ninguém vai obrigar ninguém a tomar vacina”, crava Bolsonaro

Jair Bolsonaro
Foto: Reprodução
 Respondendo as ameaças de João Doria, o presidente Jair Bolsonaro garantiu que ninguém vai ser obrigado a tomar a vacina chines contra a Covid-19 e defendeu que isso seria contra a democracia e a liberdade.

“Enquanto eu for presidente da República, não vai ser desta forma. Isso é democracia, é liberdade. Ninguém vai obrigar ninguém a tomar vacina.”, disse Bolsonaro em sua tradicional live, nesta quinta-feira (22), nas redes sociais.

O presidente acrescentou:

"O que serviu muito esta pandemia foi para revelar os aprendizes de ditadores. Figuras nanicas, hipócritas, idiotas, boçais, achando que mandam no estado dele. ‘Vai tomar vacina!’. Vai tomar você, pô, a vacina que você bem entender. Coca-Cola, Tubaína, vá tomar o que você bem entender.”

Bolsonaro ainda questionou processos caso a Justiça decida por obrigar a povo:

“Vamos supor que seja obrigatório. Daí, o cidadão vai lá e toma a vacina e vem a falecer logo depois. Pode ser pelo próprio vírus, pode ser outra doença agravada pelo fato de ser injetada a vacina. Estes cidadãos, centenas de familiares vão entrar na Justiça.”

Você concorda com nosso presidente? Comente!

Postar um comentário

2 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.
  1. Sou contra a obrigatório,toma quem quer afinal nós vivemos num país democrático.

    ResponderExcluir

Acima do Post

Below Post Ad