Dilma e Temer voltam à "guilhotina" e MPE quer cassar seus direitos políticos definitivamente

Dilma e Temer
Foto: Reprodução | Internet
 O Ministério Público Eleitora (MPE), volta a mira para Dilma e Temer e em novo recurso busca reverter ação e condenar de vez os "crias" de Lula, cassando definitivamente os seus direitos políticos.

O novo recurso do MPE, apresentado nesta segunda-feira (28), quer reverter a decisão de 2017 que absolveu Dilma Rousseff e Michel Temer por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014.

Na ocasião, o TSE, pela maioria dos votos, rejeitou a acusação por considerar ilícita a inclusão no processo da delação de executivos da Odebrecht. Porém, o jogo virou e o MPE promete que vai tirar a processo da gaveta e retornar com a  cassação de Dilma e Temer.

“Provas existem, mas foram desconsideradas pela corrente vencedora, ainda que referentes a fatos relacionados à causa de pedir e produzidas sob o mais amplo contraditório, visando a efetivação do direito fundamental de proteção da democracia”, afirmou no recurso do MPE.

 As chances as chances de reversão do resultado são enormes, pois dos atuais 7 ministros do TSE, o único que participou do julgamento foi Tarcísio Vieira, que votou a favor de Dilma e Temer. Todos os demais já foram substituídos.

Caso se concretize, esse será o fim da vida política de Dilma Rousseff e Michel Temer.

Postar um comentário

2 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.
  1. ME LEMBRO DESSE JULGAMENTO: HAVIA EXCESSO DE PROVAS, MAS FORAM ASOLVIDOS POR 4 X 3; VALE LEMBRAR DAS PALAVRAS do relator Herman Benjamin dissera que não aceitaria enterrar provas vivas. ; Eu, como juiz, me recuso o papel de coveiro de prova viva. Posso até participar do velório, mas não carrego o caixão"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, meu caro leitor. Obrigado por compartilhar sua opinião!

      Excluir

Acima do Post

Below Post Ad