Com medo da derrota, Dino e Freixo se juntam ao PT para traçar "O Plano da Esquerda Contra Bolsonaro"

Dino  | Freixo
Foto: Reprodução | Internet
O PT de Lula tem movimentado e já prepara suas novas manobras para tentar voltar ao poder,  e no início da semana lançou o Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil, um plano petista encabeçado por Lula, que se coloca "à disposição" da luta contra Bolsonaro, juntamente com a nata da esquerdalha.

No lançamento, o governador do Maranhão Flávio Dino (PC do B) e Marcelo Freixo (PSOL)se juntaram à turma petista para se unirem nas eleições municipais desse ano e se fortalecerem contra Bolsonaro nas disputas de 2022 para a presidência.

“Penso que nós devemos desde logo abrir debates sobre pactos progressistas para que não fiquemos apenas na última hora debatendo nas 96 cidades brasileiras (onde há segundo turno)”, disse Dino.

Dino disse ainda que o documento de convite do PT ao PSOL, PCdoB, PSB e PDT, pode ser um “referencial” de unidade da esquerda dividida, de olho nas eleições municipais e querendo desbancar nosso presidente Bolsonaro.

Já Freixo, escancara o desespero e solta que "Bolsonaro não venceu as eleições apenas pelos seus acertos, mas também pelos nossos erros. De todos nós. Não tem como separar 2022 de 2020."

O famoso "O Plano da Esquerda Contra Bolsonaro" se baseia em confiar o PT e juntar um bando de "partidos falidos" se unindo nas eleições municipais desse ano para buscar a presidência em 2022.

Agora quem será que eles vão lançar para bater de Bolsonaro? De qualquer forma o papinho deles não cola mais.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad