Recado para Moro? Bolsonaro garante que melhora na segurança pública “não é por coincidência”

Bolsonaro e ministros
Foto: Reprodução

Em discurso na inauguração de um radar em Corumbá (MS) nessa terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro fez uma avaliação da atuação da Polícia Federal (PF) no combate ao tráfico de drogas e, ao mesmo tempo, aproveitou para provocar o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro:

“O que estamos inaugurando aqui ajudará e muito a nossa PF e também a nossa PRF [Polícia Rodoviária Federal] no combate aos ilícitos. Em especial o trafico de drogas e armas ilegais. E vale a pena lembrar, não por coincidência, de maio para cá, não só a PF, bem como a PRF, vem batendo recordes de apreensão de drogas e armamentos pelo Brasil”, constatou o presidente.

Moro deixou o governo no final de abril, alegando — sem provas — que o presidente queria mudar a direção-geral da PF para poder interferir em investigações. Desde então, o ex-juiz federal tem recebido o salário de “quarentena”, dado aos que ocupam funções estratégicas e se desligam do governo.

Além disso, escreve artigos e faz aparições públicas, no que mutos entendem ser o início de uma pré-campanha presidencial para 2022, o que, por enquanto, ele nega.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad