FFAA reagem, ministro da Defesa vai à Justiça contra Gilmar Mendes por acusar o Exército de estar se associando a um genocídio

Foto: Redação Bandeira Viva
O ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, promete não deixar barato a grave acusação de Gilmar Mendes contra o Exército e avalia um contra ataque.

Ao Estadão, o general Azevedo, junto aos comandantes das Forças Armadas e à Advocacia-Geral da União (AGU), estuda medidas que serão tomadas responsabilizar Gilmar Mendes (do STF) por suas acusações contra o Exército brasileiro.

Gilmar Mendes, anteriormente, teria criticado a ausência de um titular no Ministério da Saúde e disparou que, durante a crise da pandemia, "Exército está se associando a esse genocídio".

Diante disse, cabe agora a Gilmar Mendes aguentar as consequências de suas palavras pois as Forças Armadas não aceitaram a acusação e promete reagir.

A expectativa é o alívio da tensão entre o Governo Federal e a Suprema Corte, mas isso parece ser algo distante de acontecer. Enquanto o presidente Bolsonaro segue convicto de suas ideias, o Supremo está a todo tempo em um contraponto.

Enfim, os militares deram o recado e cabe agora aguardarmos o desfecho dessa situação. 

Postar um comentário

4 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.
  1. Que seja feita justiça sobre esse comentário o.mais rápido possível, não p9de deixar passar isso

    ResponderExcluir
  2. Esse tal de Gilmar Mendes é um descabido....

    ResponderExcluir
  3. GILMAR MENDES É UM INSANO, TAL QUAL ADÉLIO BISPO, COM UMA DIFERENÇA, ELE É MAIS VELHO E DEVE ESTAR COM ALZEIMER.

    ResponderExcluir

Acima do Post

Below Post Ad