No fundo do poço, impeachment Witzel é visto como "inevitável" até por aliados

Wilson Witzel
Foto: Reprodução

Decadência define o atual período de Wilson Wilson como governador do Rio de Janeiro, e seus dia como governante estão cada vez mais próximos de ter um fim. Até mesmo colegas de partido enxergam o impeachment de Witzel como "inevitável" após ser apoiado com unanimidade por 69 deputados na votação de ontem (10) na Alerj.

O afastamento de Witzel é dado como "irreversível" e todos já aguardam que o governador do RJ seja definitivamente afastado do cargo. A votação de ontem foi o estopim, desde PSL até PSOl, todos foram favoráveis ao afastamento de Witzel.

Informações da CNN apontam que até aliados de Witzel no PSC acreditam que do governador será afastado sim do cargo por 180 já início de julho para dar prosseguimento ao processo de impeachment. Inclusive, ainda segundo a CNN, até mesmo o vice-governador do Rio, Cláudio Castro, já "lavou suas mãos" em relação à situação Witzel.

Após confirmação do afastamento por 180, a Alerj abrirá uma nova comissão que decidirá se a cassação de Witzel em definitivo ou não.

Witzel, que foi eleito quando apoiador de Bolsonaro virou as costas assim como Doria e só o primeiro dos governadores firmemente investigados por superfaturamento durante a pandemia.

A casinha de muita gente ainda vai cair.

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad