Bolsonaro sanciona lei que autoriza restaurantes e estabelecimentos a doarem alimentos não comercializados


Jair M. Bolsonaro
Foto: Marcello Casal Jr | Agência Brasil
O presidente da República Jair Bolsonaro sancionou, nesta quarta-feira (24), o projeto de lei que permite com que restaurantes e estabelecimentos comerciais possam doar alimentos que não foram comercializados devido a crise.

Os alimentos que serão doados devem estar dentro do prazo de validade e estar próprio para o consumo humano, respeitando a segurança sanitária.

A iniciativa tem como objetivo evitar o desperdício de alimento, combater a fome e atender pessoas em situação de vulnerabilidade ou de risco alimentar.

O projeto, aprovado em 2 de junho, foi apresentado pelo senador Fernando Collor (Pros-AL) porém foi ideaizado pelo pelo advogado Ticiano Figueiredo.

Figuero conta que a ideia surgiu em uma conversa com o chef Rodrigo Sanchez. Quando começou a pandemia, ele externou esta preocupação com o fato de que as pessoas poderiam passar fome, entrar em um grau de miséria absurdo", disse.

"De certa forma, vai permitir que pessoas em estado de miséria tenham alguma condição de se alimentar com uma comida minimamente decente", completou o advogado contente com sanção. 

O que você acha da iniciativa? Comente!

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Acima do Post

Below Post Ad