Buscar

 #

Maia e aliados unem-se em golpe para derrubar veto de Bolsonaro

Veto 42 - Bolsonaro
Foto: Sérgio Lima | Poder360

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já prepara golpe e no momento conta com 351 deputados ao seu lado para derrubarem veto do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O veto em questão é o Veto 52, um veto parcial de Bolsonaro que prevê o controle do orçamento impositivo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano 2020 no valor de cerca de R$ 30 bilhões.

A encrenca é que nesta terça-feira (03), o veto tem sido discutido na Câmara e vários deputados de muitos partidos se uniram com Rodrigo Maia para irem contra a proposta e assim colocar o orçamento de R$ 30 bilhões nas mãos do Congresso.

Os deputados que se uniram a Maia para destruir o veto de Bolsonaro são dos partidos: DEM, PL, PP, PSD, PROS, PSDB, PTB, PSC, MDB, Patriota, Republicanos, Solidariedade e Avante.

Você acha que esse valor será/seria bem distribuído estando livremente nas mãos do Congresso?

A verdade é que eles já removeram algumas partes do texto da proposta original que comprometeriam eles caso o dinheiro fosse usado indevidamente ou distribuído fora dos prazos estabelecidos.

Tendo em vista que Rodrigo Maia é um dos maiores perseguidores do Governo Bolsonaro podemos ver que estão querendo estabelecer um verdadeiro parlamentarismo branco. Vamos aceitar isso?

O que você acha? Comente!



Compartilhe:

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Dia15 e nas eleições daremos o troco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na manifestação talvez,nas eleições, duvido,tem muita gente que adora vender voto e se lixa pro resto do país, são tão mau caráter quanto quem compra os votos...a corrupção nesse país vai demorar a acabar..

      Excluir
  2. Parlamentarismo branco? Nem pensar! Elegemos democraticamente um presidente. Não aceitaremos esse golpe baixo. Dia 15 estaremos nas ruas.

    ResponderExcluir