Buscar

 #

Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas em volta de presídio onde líder do PCC cumpre pena

Cerco, Presídio Federal de Brasília, área externa
Foto: Reprodução | Metrópoles


Nesta sexta-feira (07), o presidente Jair Bolsonaro concedeu autorização do uso das Forças Armadas para cobrir todo o perímetro no entorno do presídio federal de Brasil. A publicação do decreto de Garantia de Lei e Ordem já foi feito e se estenderá até o dia 6 de maio deste ano.



A medida de segurança foi levantada porque haviam informações o PCC estaria elaborando um plano de resgate a seu líder, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. E diante dos questionamentos entre o ministro da Defesa, Sérgio Moro, e o governo do Distrito Federal.



Em janeiro, a Secretária de segurança Pública do Distrito Federal, na figura de Anderson Torres, encaminhou a Sergio Moro um ofício questionando se manter líderes de grandes facções era uma boa ideia no ponto de vista estratégico por ser Brasília um grande centro político.



As diretrizes foram traçadas e o ministro da Defesa afirmou não haver qualquer risco para a população na operação e que ninguém além do governo do DF criticou a permanência desses criminosos na Capital.

Postar um comentário

0 Comentários